Victor Vernilli

acessibilidade

In Loco Media

Objetivo

Redesenhar o site da In Loco Media - maior rede de anúncios mobile do Brasil -, dando atenção tanto aos dois principais stakeholders da empresa: Anunciantes e Publishers. Além de criar a versão para expansão internacional.

Problemática

O site da In Loco Media, antes do seu redesign, dava muito mais ênfase aos anunciantes. Isso era considerado um problema pois a empresa tem tanto esse grupo quanto os publishers como principais interessados. Como são grupos diferentes, eles têm objetivos diferentes quando entram em contato com a In Loco: um deseja mostrar sua marca e o outro deseja monetizar seus aplicativos móveis, respectivamente. Então era necessário dividir a atenção entre eles, deixando claro como a In Loco Media podia ajudá-los, sem diminuir a importância de cada um.

Processo

Pesquisa e Ideação

O processo começou em conversa entre a equipe responsável, eu e uma designer, com o CEO para alinharmos o objetivo da empresa e como a nova versão do site iria auxiliar em alcançarmos esse objetivo. Também conversamos com nosso CMO, com o intuito de identificarmos o que o marketing pretendia, e como poderíamos nos portar ou qual discurso seguir.

Esboço de uma das telas do site da In Loco Media

Esboço de uma das telas do site da In Loco Media

Essa etapa se mostrou muito importante e crítica, pois devíamos identificar e passar para as telas os objetivos da empresa. E tentar solucionar desentendimentos que o site gerava.

Identificamos que a versão sendo utilizada estava um pouco confusa, não explicava de forma clara o que a In Loco Media fazia. Vimos também que o site estava dando muito mais ênfase aos anunciantes que aos publishers. Isso era algo que poderíamos melhorar, pois um dos objetivos da empresa era conseguir mais aplicativos para a rede da In Loco.

Outro problema que encontramos em outras reuniões foi: vários anunciantes têm dificuldade em entender como anúncios digitais mobile funcionam. Isso era tão crítico quanto o problema acima. Se o cliente não entende o produto/serviço, dificilmente ele irá contratá-lo.

Também acessamos o Google Analytics para utilizar essas informações para tentar entender como era o comportamento atual dos usuários que acessam ao site. Além disso começamos a utilizar o Mixpanel, outro software de análise - mas baseado em eventos, diferentemente do Google Analytics, que é baseado em visualizações - para entender o comportamento do interesse por conteúdos dentro das páginas, como o funil de vendas, por exemplo.

Protótipo da página inicial da In Loco Media Protótipo da página inicial da In Loco Media

Protótipo da página inicial da In Loco Media

Prototipação

Depois de duas semanas dedicadas apenas a levantar os objetivos, aspectos positivos e negativos do site, partimos para a etapa de prototipação e design gráfico. Levantamos todas as páginas necessárias que iriam resolver a maioria dos pontos levantados, propusemos fazer um MVP do site e testá-lo.

Esboço do fluxo de telas do site da In Loco Media

Esboço do fluxo de telas do site da In Loco Media

Criamos uma versão de baixa fidelidade de todas as páginas, para verificarmos se realmente com aqueles esboços nós conseguiríamos atacar os objetivos do redesign. Assim, levamos esses protótipos para algumas pessoas testarem e validarmos nossas hiṕóteses.

Depois de realizados ajustes na versão de papel partimos para a versão em alta fidelidade. Para tal, utilizamos alguns softwares de edição como photoshop, sketch e zeplin.

Desenvolvimento

Depois de criarmos todas as páginas em alta fidelidade, partimos para o desenvolvimento do site. Esta etapa foi relativamente simples, durando algumas sprints. A empresa utilizava wordpress como base, o que facilitou a montagem da estrutura geral do site. Porém, alguns elementos foram necessários serem criados do zero.

...